terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Estímulos!

O desejo e a atracção sexual, surgem-me por vezes e em momentos que em nada premedito. Talvez por amar e venerar a beleza do corpo feminino, seja a causa mais natural para constatar esta minha realidade.
Certo é, que a minha líbido raramente se ressente, quase nunca vive qualquer quebra e ainda que a mesma culpa possa ser atribuida a uma elevada produção de hormonas masculinas, não me sinto um predador sexual sempre em busca dos seus mais primários e instintivos desejos.
Contudo, jamais poderei negar que um discreto mas tentador decote, que umas pernas elegantes numa forma sensual de caminhar, que um olhar matreiro ou uns lábios meigos e cuidados, me deixam totalmente indiferente, ainda que continue a admirar bastante mais uma mulher pelo conteúdo do que pelo seu rótulo.
Apesar de tudo, existe e existirá sempre a tal química masculina, tão do desagrado e da incompreensão das mulheres, que faz com que a velha máxima de colocar um travão ao que fisicamente se iniciou, seja impossível de fazer acontecer. Concordo que assim o é de facto, ainda que não consiga encontrar uma verdadeira e plausível justificação para tal. Por isso, é recorrente sermos apontados como seres de "one night love affair", de termos uma sessão de sexo e sumirmos, parecendo sempre que nos estamos nas tintas para quem connosco privou por breves momentos e curtos instantes de intimidade.
O adágio é antigo e correctamente nos diz, que os homens são incapazes de pensar com as duas cabeças simultâneamente. Concordo uma vez mais, embora no campo pessoal e sem querer generalizar, seja realmente complicado resistir ao assédio e existência do sexo feminino, bem como, o de digerir um instante sexual que supostamente não pareça ter passado disso mesmo.
Algo fica sempre, quanto mais não seja a grata recordação do ritual iniciado, até à satisfação de um orgasmo de sensações que só aquela mulher com quem estivémos, nos proporcionou.
Retirando por isso, toda a química que envolve a excitação masculina, todos os prós e contras que surgem depois de um acto mais íntimo, estes ficarão sempre ao critério responsabilidade de cada um. Até lá sim, somos e seremos sempre homens! Nada a fazer...

3 comentários:

desejo disse...

Espreito-te.
Apareces raramente.
Quando estás aqui, por breves momentos, delícias-me com o que escreves.
E, se me permites, vou copiar algumas frases e escrevê-las no meu desejo.

:)

Diana

Pekenina disse...

Também as mulheres sentem esses estímulos. Por sorte, ou não, não são tão perceptíveis. (Se fossem havia muita gente com longas lunch hours).
Anyway... Um bom estímulo (cujo conceito é logicamente subjectivo!) afecta sempre uma pessoa.
Que fazer? :)

klaudya disse...

Penso que hoje em dia as mulheres também olham para os homens como objecto de prazer e desejo,embarcam nas "one night-stands" sem remorsos e gostam. Coitados dos homens, que ninguém lhes tira essa fama ...


WebCounter.com